domingo, 1 de março de 2009

Como Fundar um Sindicato?

Alguns colegas de outros Estados, inclusive do norte brasileiro vem me perguntando como fundar um sindicato. Vou resumir aqui em poucas palavras, se houver duvida entre em contato via email assintac@hotmail.com ou por tel. 68-8404-2974.

1 Passo: Fazer uma convocacao para uma assembleia geral de fundacao da entidade. Nessa assembleia vai haver a fundacao da entidade, aprovar o estatuto - tem que leva-lo pronto - eleger uma diretoria para representar a categoria com no maximo 3 anos de mandato, pode ser dois tbm.
2 Passo: Fazer uma ata de fundacao da entidade nessa reuniao, e depois digitar e levar num cartorio juntamente com o estatuto e registrar a entidade, nao paga nada para registrar, e so colocar no estatuto que e uma entidade sem fins lucrativos.
3 Passo: nao pode esquecer que a convocacao de fundacao da entidade do 1 passo deve ser publicada em jornal de grande circulacao no estado, e no diario oficial do Estado referente, depois tirar copias das publicacoes, pois, quando for da entrada na carta sindical, eles vao pedir.

Qualquer coisa de uma olhada na Consolidacao das Leis Trabalhistas, C.L.T, la tbm tem todas as regras e bem mais detalhadas. as dicas que enumerei acima foi o que eu fiz para fundar o sindicato aqui no Acre.

Quero informar tbm que nossa federacao brasileira de Instrutores de Transito tbm ja esta saindo, logo logo teremos uma entidade de nivel nacional para nos representar e auxiliar nesses detalhes.

Um forte abraco e qualquer coisa entrem em contato.

Charles Batista
Presidente do Sintac

5 comentários:

Moises disse...

Caro charles gostaria de dizerlhe que Minas Gerais é um Lixo em relaçao a luta pelo seus direitos já tentei de todas as maineiras ver um meio de fundar um sindicato para os terceirizados das Companhias de eletriciddade de Minas Gerais mais nao encontro forças dos companheiros que faço gostei muito das suas informaçoes e gostaria de começar pois isso é um ideal e nao uma simpels causa nao gosto de injustiça...

Charles Batista disse...

Resposta ao Moises

Colega moises, ser sindicalista não é uma opção, ser ou não ser, ser sindicalista é uma questão de amor, de vontade própria e de querer ver as injustiças serem cessadas ou ao menos diminuída. Tem que ter amor, tem que ter coragem, dedicação e comprometimento pela causa que ira defender. Se não for dessa forma o sindicalista abandonará rapidamente a causa. Porque as pessoas muitas das vezes são ingratas, reclamam e não fazem nada para mudar a situação, desestimulam quem está liderando com comentários desnecessários, por isso, que o sindicalista tem que esta completamente comprometido e focado na causa que defende, o próprio tem que acreditar fielmente no que ele defende.

Colega, não olhe para as pessoas que estão ao seu redor, alguns não querem nada, outros até começam a ajudar, mas quando vierem os problemas, as dificuldades, irão abandonar você, deixando toda classe na mão. Por isso não escute os BOLAS MUCHAS, aqueles que nunca acreditam em nada, pessimistas, desmotivadores, em todos os lugares existem BOLAS MUCHAS, mas também há os BOLAS CHEIAS, são poucos mais existe, identifique os BOLAS CHEIAS e façam da causa uma motivação para lutar e diminuir as desigualdades sociais. Um forte abraço e se precisar de algo mais entre em contato, deixe seu recado!

RUMO AO EXA disse...

Caro Amigo
Charles Batista
Ha muito tempo que tenho vontade de fundar um Sindicato do Servidor Público Municipal em minha cidade.
pois seria de uma grande importância, tendo em vista as ijustiças que aqui acontece toda vez que muda de gestão quando o funcionalismo público deixa de receber seus sálário durante o período de transição. Sem contar com a perseguição politicas e outras injustiças.
O problema é que existe um grande temor por parte dos funcionário em fazer parte de um sindicato; temem que seus nomes fiquem marcados pela cúpula do poder e que futuramente poderão sofrer alguma repressão e persiguições politicas.
Por duas vezez convocamos os funcionário, marcamos o dia da reunião para debatermos o assunto, muitos até prometeram comparecer mas no dia não apreceu nimguém. E aí Amigo o que eu faço?

RUMO AO EXA disse...

Caro Amigo
Charles Batista
Ha muito tempo que tenho vontade de fundar um Sindicato do Servidor Público Municipal em minha cidade.
pois seria de uma grande importância, tendo em vista as ijustiças que aqui acontece toda vez que muda de gestão quando o funcionalismo público deixa de receber seus sálário durante o período de transição. Sem contar com a perseguição politicas e outras injustiças.
O problema é que existe um grande temor por parte dos funcionário em fazer parte de um sindicato; temem que seus nomes fiquem marcados pela cúpula do poder e que futuramente poderão sofrer alguma repressão e persiguições politicas.
Por duas vezez convocamos os funcionário, marcamos o dia da reunião para debatermos o assunto, muitos até prometeram comparecer mas no dia não apreceu nimguém. E aí Amigo o que eu faço?

Luciana Sanches disse...

Legal...É muito bom saber que existe jovens idealistas como VC! Eu foi presidente do grêmio da minha escola, foi um aprendizado e tanto! Hj estou no 3º ano de pedagogia e penso em fazer parte do sindicato dos funcionários públicos de minha cidade. E quem sabe em um futuro breve Ingressar no curso de direito..

Parabéns pelo trabalho!

bjão e Felicidades Sempre!

Bate Papo - Por um Trânsito Seguro